domingo, 8 de junho de 2008



Amigo Punk

Amigo punk escuta este meu desabafo
Que a essa altura da manhã
Já não importa o nosso bafo

Pega a chinoca, monta no cavalo e
desbrava esta cochilha
atravessa a Osvaldo Aranha
e entra no parque Farroupilha

Amanhecia tu chegavas em casa com asa)
a tua mãe dá bom dia
e se prepara prá marcar o gado
com ferro em brasa

E não importa se não tem lata de cola
eu quero agora é cestear
nos meus pelego
com meu cavalo galopando campo a fora
o meu destino é Woodstock
mas eu chego

Aonde eu ouço a voz da cordeona
já escuto o gaiteiro puxando o fole
Vai animando a gauderiada no bolicho
enquanto eu sigo
detonando Hard-core

Nenhum comentário: